A receita do Vencedor.



Embora a vida cristã não seja como uma receita de bolo, Apocalipse 12:11, nos mostra três características cruciais para que alcancemos a vitória sobre as várias provações, tentações e lutas que temos diariamente. "Eles pois o venceram" é a dica do que fazer para ser um vencedor em Cristo.

O sangue do Cordeiro

''Eles, pois, o venceram por causa do sangue do Cordeiro". O vencedor, ao contrário do que possamos imaginar, não é o perfeitinho, o infalível; também não é aquele que não tem pecado. O vencedor é a pessoa que, embora peque, caia, falhe, se arrepende, lança mão do sangue do Cordeiro,Jesus, e prossegue avançando. O diabo é o nosso acusador, "O mesmo que nos acusa de dia e de noite, diante do nosso Deus" (Apocalipse 12:10b). Nada melhor contra as acusações do diabo do que o sangue precioso de Cristo.

A palavra do testemunho

"Eles, pois, o venceram por causa da palavra do testemunho que deram". Sim, o sangue de Cristo é poderoso para nos perdoar de todo pecado, mas não podemos nos dar ao luxo de errar, só porque temos o sangue de Cristo. Aqui não diz "o testemunho da palavra que deram", mas 'a palavra do testemunho que deram". O vencedor é alguém que dá testemunho, não apenas com palavras, mas com o seu próprio modo de vida. É um testemunho tão vivo, real e prevalecente que, sem dizer uma única palavra, a sua maneira de viver é uma pregação, um encorajamento, um exemplo a ser seguido.

Não amaram a própria vida

''E mesmo em face da morte, não amaram a própria vida". A palavra grega para "vida" aqui é "psique", que representa a alma. O vencedor é alguém que não ama sua própria vida da alma, não é um amante de si mesmo. O Senhor Jesus disse que quem quisesse ser Seu discípulo deveria tomar a Sua cruz, negar a si mesmo e segui- Lo (Mateus 16:24). Não amar a si mesmo quer dizer não ter a si mesmo acima de tudo e de todos. Seus pensamentos são os lá do alto (Colossenses 3:2); sua vontade é a de Deus (Mateus 26:39); seu amor é para Deus e para o próximo (22:37-39). O sangue de Cristo, a palavra do testemunho e não amar a si mesmo não constituem uma receita de bolo, mas referem -se a uma experiência que deve ser vivida diariamente. O cristão que assim viver, certamente será o vencedor que sempre quis ser.
(Jornal Árvore da Vida/Número 250 )


2 comentários:

  1. Olá, muito bonito seu blog! Que Deus te ilumine!
    Beeijos
    blogfantasyland.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Que rico! Me deleitei em tanta sabedoria contida nessas palavras. Obrigada por sua presença no meu recanto, sigo-te tbm. Uma linda semana!

    ResponderExcluir