A flecha e a oração



 Em 2 Reis 13:14-19 encontramos uma interessante ilustração sobre a oração. Eliseu disse ao rei de Israel que atirasse flechas contra a terra, e ele o fez apenas por três vezes. Eliseu, então, repreendeu-o dizendo que deveria ter feito aquilo mais vezes, e que, por causa de sua atitude, Deus destruiria seus inimigos apenas por três vezes.
     A oração é nosso arco para o qual temos flechas ilimitadas. No entanto, muitas vezes, gastamos apenas três flechas em determinado assunto e consideramos já ter orado o suficiente. Talvez sejamos atendidos por Deus, mas certamente será muito menos do que aquilo que Ele tinha para nos dar. Nossa oração precisa ser perseverante até recebermos de Deus a totalidade da benção que Ele tem para nós. Precisamos orar insistentemente até o Senhor atender-nos. Certamente a oração perseverante não é fácil, pois é contraria à nossa disposição natural. Mas sem ela não há caminho para uma vida espiritual vitoriosa.
     Eliseu repreendeu o rei, dizendo-lhe que, se ele ferisse a terra mais vezes, Deus derrotaria seus inimigos totalmente. Por vezes oramos por alguma dificuldade, mas na primeira vitória obtida desistimos de orar e consideramos o assunto resolvido. Precisamos perseverar até que Deus elimine totalmente os nossos inimigos. Precisamos continuar usando as flechas até que Deus tenha a vitória completa.
(EM TUDO UMA LIÇÃO/Dong Yu Lan)



Nenhum comentário:

Postar um comentário