Somos membros uns dos outros



“O solitário busca o seu próprio interesse e insurge-se contra a verdadeira sabedoria” (Pv 18:1)

        Na Bíblia, ser membro é ser parte do Corpo de Cristo, a igreja. Não diz respeito ao sentido comum, em que o membro é uma pessoa pertencente ou associada a uma organização. A igreja não é uma organização, mas um organismo vivo, espiritual e divino!
     Nesse Corpo, todos os membros têm uma função estabelecida e capacitada pelo Espírito. Quando um membro faz algo, é o Corpo que faz. Quando a boca fala, todo o corpo fala. Quando a mão trabalha, todo o corpo trabalha. Não se pode separar os membros do Corpo.
     Efésios 4 fala que o Corpo cresce até ser varão perfeito. Não é dito que os indivíduos crescem até ser varões perfeitos. Assim como, no capítulo 3, a capacidade de conhecer o amor de Cristo e compreender qual é a largura, o comprimento, a altura e a profundidade do Senhor é com todos os santos. Uma pessoa individualmente não tem tempo nem capacidade para experimentar o amor de Cristo de tal maneira.
     Aqueles que creram no Senhor Jesus já não são indivíduos, mas estão vinculados uns aos outros, de tal maneira que a Bíblia diz que são “membros uns dos outros” (Ef 4:25).
    O sentido da nossa vida é servir a outros, tendo em vista que devemos viver “tal como o Filho do Homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a Sua vida em resgate por muitos” (Mt 20:28).
     Ser membro é algo coletivo e tem em vista o Corpo, cujo significado está em oposição ao indivíduo. Infelizmente, contudo, alguns cristãos vivem um caminho de individualidade, sem nenhum compromisso com os demais filhos de Deus.
    Pode-se dizer que ver Cristo resulta em libertação do pecado, enquanto ver o Corpo resulta em libertação do individualismo. É necessária revelação. Não se pode entrar na esfera do Corpo sem visão. Que o Espírito de Deus possa iluminar os olhos de nosso coração para termos de fato e de verdade tal visão gloriosa!
(Jornal Árvore da Vida)


Nenhum comentário:

Postar um comentário