Um pedido a Deus.




"Pai, quando as forças forem mínimas, mostre-me que contigo elas podem ser elevadas. Quando tudo for cinza, venha e me ensine a colorir com a Tua alegria. Quando tudo for guerra, que tu possas me ensinar a mergulhar nos Teus rios de paz. Quando o medo vier, ajude-me a mostrá-los com quem ando, o Senhor do senhores, o Rei dos exércitos! E Pai, quando meu chão desmoronar, não quero asas. Eu quero a Tua mão a me sustentar. Sim, Pai, as mãos que sustentam o universo. As mãos que um dia foram pregadas numa cruz."

Amém.


2 comentários:

  1. Por tantas vezes a gente quer o colinho de Deus...

    ResponderExcluir
  2. Amém, amém
    Que seja essa a nossa oração

    ResponderExcluir