ESTRELAS NO POÇO ♥




Acredite!
Mesmo no fundo do poço você pode ver estrelas...

Se você, por acaso, cair em um poço durante o dia, olhe para o céu e, em alguns instantes, será capaz de enxergar as estrelas.Você pode não acreditar,mas isso é um fenômeno cientificamente provado. O próprio poço,na sua densa escuridão,fará com que você enxergue além do que é permitido ver à luz do dia.Se você se encontrar em tribulação,em sofrimento,em um poço escuro,olhe para o Senhor Jesus!Você,então,começará a ver o que não via antes;perceberá que há proveito na tribulação,perceberá que,mesmo ocultamente,o Senhor está ali com você.Se o Senhor permitir que você caia em um poço,não se desespere.
Ali você poderá ver as estrelas enquanto aguarda o livramento de Deus."(Editora Árvore da Vida)

O que você procura?

E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo (Mateus 24:14)


      A salvação de Deus é completa e perfeita. Ela não visa apenas à salvação de nosso espírito humano, mas também de nossa alma. Esse é o evangelho do reino.O Senhor Jesus profetizou acerca de uma época que antecederá o fim dos tempos, chamada de "princípio das dores": "Nesse tempo, muitos hão de se escandalizar, trair e odiar uns aos outros; levantar-se-ão muitos falsos profetas e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos. Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo" (Mateus 24:10-13).
A salvação referida nessa passagem pode ser aplicada à alma. É o aspecto da salvação que obtemos por meio da perseverança.
Perseverança, nesse contexto, não significa apenas resistir a dificuldades,nem prosseguir a qualquer custo tendo em vista certo intento. Há algo mais aqui: a prática do amor, tanto do amor fraternal como do amor ágape. Segundo a Palavra, quase todos os filhos de Deus permitirão que, em tantas circunstâncias negativas, o amor se esfrie. Mas, se quisermos obter a salvação da alma, devemos manter viva a prática do amor divino. Para isso,precisamos voltar ao primeiro amor e à prática das primeiras obras (Apocalipse 2:4-5). Em outras palavras, mesmo diante da iniquidade, da falta de consideração de uns para com os outros, do engano, da traição e da dissensão, nosso esforço deve convergir para a seguinte atitude: perseverar em amar os inimigos e orar pelos que nos perseguem.
   Além disso, é necessário apascentar os que o Senhor pôs sob nosso cuidado, edificando-os e consolando-os. Isso significa cuidar da família, orar por quem se encontra em dificuldades e no devido tempo alimentar os conservas que o Senhor nos confiou. Se, em algum momento, deixamos de realizar essas obras, escandalizados com situações negativas, paralisados diante do aumento da iniquidade e do engano, ainda há tempo para voltar à prática das primeiras obras, perseverando em expressar o amor de Deus em toda circunstância.

'Nesse tempo, muitos hão de se escandalizar, trair e odiar uns aos outros; levantar-se-ão muitos falsos profetas e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos. Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo" (Mateus 24:10-13).
Jornal Árvore da Vida/270

2 comentários:

  1. As circunstâncias negativas sempre surgirão. Mas é muito importante que não percamos o foco de tudo que Jesus conquistou para nós. A oportunidade que hoje temos é única, por isso devemos nos apegar a ela com perseverança.
    Forte abraço amiga !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia e paz,Neiva.

      Todos os dias nos deparamos com situações que querem devorar nossa fé.O caminho é olhar para aquele que tudo pode s,em desanimar.
      O fim está próximo,Ele vem vindo!
      Que o nosso salvador nos encontre de pé.
      Grande abraço,abençoada Neiva!

      Excluir