O que habita em nós.


 Nunca imaginei que o amor ao próximo e a agressividade morassem na mesma casa. Nunca pensei que a paz e a guerra habitavam no mesmo ser humano. (O Vendedor de Sonhos)
(Augusto Cury)

Nenhum comentário:

Postar um comentário